Pular para o conteúdo

Terremoto no Nepal


Ontem a tarde recebi a mensagem de uma amiga perguntando se eu estava sabendo do terremoto no Nepal, e dizendo que havia se lembrado de mim.

Em março deste ano eu estive no norte da Índia onde fiquei por quase um mês. Dentro dos meus planos de viagem estava viajar para o Nepal no final da viagem, no entanto, acabei ficando bastante doente na Índia e decidimos viajar para o Himalaia indiano no extremo norte da Índia e com paisagens bem parecidas com o Nepal.

Na Índia viajamos por oito cidades diferentes, o que pelo tempo que tivemos (25 dias) acabou ficando muito cansativo. E por isso tiramos um aprendizado importante de viagem: não querer conhecer o mundo todo de uma só vez…mas sim aproveitar o que cada lugar tem para oferecer. Dessa forma decidimos: O Nepal vai ficar para a próxima viagem! Para que dessa forma ele possa ter o tempo que merece e não uma visita rápida e sem profundidade.

Um mês depois dessa decisão, veio junto do terremoto que abalou o Nepal, a lembrança de que não temos controle do futuro…e que talvez o Nepal que deixamos de visitar em Março de 2015…já não é o mesmo após o terremoto do dia 25 de Abril de 2015.

Sobre o terremoto

No último sábado (25) um terremoto 7.8 na Escala Richter atingiu o Nepal, o terremoto foi o mais devastador no vale do Katmandu desde 1934. Na madrugada de domingo (26) um novo tremor desta vez de magnitude 6.7 (inferior ao 7.8 que castigou a região no sábado) atingiu o Nepal.

Também houve vítimas no norte da Índia, em Bangladesh, na China, no Tibete, e no monte Everest onde foram registradas avalanches. Um último balanço das autoridades apontam para 2.263 vítimas e 5.580 feridos. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 6,6 milhões de pessoas foram atingidas em 30 distritos do Nepal.

Segundo autoridades indianas, 34 pessoas morreram após o abalo sísmico. Outras seis mortes foram registradas na China e no Tibete e mais uma em Bangladesh.

O Nepal esta em uma das regiões de maior atividade sísmica do mundo, baste olhar para o Himalaia para entender o que isto significa. Estas montanhas estão sendo erguidas como consequência da movimentação  da placa tectônica indiana para baixo da placa tectônica eurasiana, na Ásia central. O epicentro foi registrado a 77 km da capital Katmandu e a 15 km da superfície.

Diversas construções desabaram em Katmandu, a imprensa Nepalesa diz que vários sítios arqueológicos foram danificados pelo sismo, incluindo cinco dos sete locais históricos declarados como patrimônio da humanidade, como a famosa praça Dambar, com templos e um palácio real e a torre Dharahara, de 1832.

download (1)

Maju Deval em Durbar Square – Templo construído em 1690, patrimônio Mundial da Unesco, antes e depois do terremoto. (Imagem: OGlobo)

download

Torre de Dharahara, marco histórico em Katmandu, antes e depois do terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal. (Imagem: Noticias.uol)

Ajuda para o Nepal

150425141838_nepal_terremoto_624x351_afp

Este foi o pior terremoto registrado no país em 80 anos. (Imagem: BBC.co.uk)

Países como Estados Unidos, Noruega, Índia, Paquistão, e Japão já enviaram ajuda com doações em dinheiro para serem usados de forma imediata em resgates, equipes especializadas em desastres, aviões sanitários, um hospital de campanha e outros suprimentos médicos. Alemanha, França, Israel e Reino Unido já anunciaram o envio de ajuda aos nepaleses.

Para ajudar, você pode procurar por algumas ONG’s que estão pedindo ajuda, segue link abaixo:

Unicef – Esta promovendo doações para ajudar as vítimas no Nepal. (Nepal Earthquake)

Care – Organização humanitária que tem ações na região.

Ammado – A organização levanta fundos para a cruz vermelha.

Save the children – Organização de amparo a crianças, tem pagina de doação para o Nepal.

World Vision – Esta promovendo doações para ajudar as vítimas no Nepal.

As organizações listadas acima são reconhecidas e sérias. A maioria dos sites estão em inglês, porém a estrutura para fazer doações é simples.

O Nepal é um dos países mais pobres da Ásia e a sua economia esta fortemente ligada ao turismo, espero que os nepaleses possam superar esse desastre, e espero poder visitar em breve.

Deixe um comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: