A linda Rishikesh

Rishikesh (Hindi: ऋषिकेश; sânscrito: हृषीकेश) é uma cidade situada no estado Uttarakhand. Localizada aos pés do Himalaia, no norte da Índia, Rishikesh significa berço do sagrado rio Ganges. Mestres respeitados ministram cursos e comandam pujas (cerimonias de oferendas) todos os dias. Peregrinos chegam de toda parte do mundo para estudar, rezar, banhar-se e purificar-se nas águas sagradas desse trecho ainda limpo do Rio Ganges.  É conhecida como a cidade santa e considerado como um dos locais mais sagrados para os hindus. Sábios e santos já visitaram Rishikesh desde os tempos antigos para meditar em busca de conhecimento mais elevado. A cidade também ficou popularmente conhecida após os Beatles ficarem hospedados por 3 meses em um Ashram na década de 60, eles escreveram mais de 30 músicas durante o tempo que ficaram na cidade. Vou contar mais a historia dos Beatles em Rishikesh em um outro texto 🙂


Comecei a planejar a minha viagem para a Índia com mais de um ano de antecedência, li muitos  artigos falando e recomendando ir para Rishikesh. Então planejei a minha viagem para que pudesse passar alguns dias por lá.

Depois de passarmos pelo Rajastão, Ranthambore, Agra e Varanasi, fomos para New Delhi e de lá seguimos de carro para Rishikesh. No aeroporto tem vários taxis pré-pago onde você acerta o valor previamente de acordo com uma tabela impressa, e te levam ao destino sem te cobrarem a mais por isso. Como estávamos em 4 pessoas compensava ir de carro, a viagem custou em torno de 800 rúpias. A viagem durou 7 horas, em uma estrada beeeem ruim. É muito engraçado como muda a paisagem, as casas, os comércios e as decorações de um estado para o outro.

Saímos de New Delhi em torno de 13h e chegamos em Rishikesh as 20h, paramos somente uma vez para comer. Já havíamos reservado um hotel pelo booking e logo de cara amamos o hotel, era bem charmoso e arrumado, bem diferente das nossas experiencias anteriores rs Quisemos marcar para mais um dia já que ficaríamos dois dias em Rishikesh, mas não conseguimos vaga, então reservamos um outro hotel também pelo booking para o dia seguinte, esse hotel ficava a alguns passos de lá. O bom de Rishikesh é que muita coisa você consegue faze a pé, a cidade é muito segura e é tudo relativamente perto.

No dia seguinte quando acordamos para tomar café e para trocar de hotel vimos uma das paisagens mais encantadoras do mundo através janela, o Rio Ganges passava azul no meio da paisagem verde com pedras, passando majestoso por debaixo das incríveis pontes de Rishikesh. Foi incrível. Trocamos de hotel e na agencia do lado fechamos um pacote de Rafting no Rio Ganges, o rafting de 18km custava em torno de 500-1000 rúpias por pessoa.

Rio Ganges

Saímos em torno de 13h-14h da agencia e seguimos de carro até a base do rio onde iriamos iniciar o Rafting, junto de nós 4 foram mais 3 indianos e o instrutor. O instrutor quem ordenou decidiu onde cada um iria sentar, e passou as recomendações do tipo: deve-se sentar na beirada do bote e não dentro, inclinar o corpo com o remo, remar quando ele mandar, remar mais forte quando ele mandar, parar de remar quando ele mandar, e de jeito nenhum sentar no meio do bote foram as recomendações dadas no começo. E se alguém desobedecia levava um grito no pé do ouvido do tipo: excuse-me!!!! Are you ok? haha Ainda sim, foi muito, mas muito divertido!

 

Durante o Rafting tinha momentos em que eu remava o vazio de tão alto que o barco ficava na onda. A correnteza do rio é bem forte, mas em alguns pontos ele parava o bote pra você mergulhar, entrar no rio, fazer o que quiser. Claro que eu entrei no rio! Ninguém acredita quando você conta que entrou no Rio Ganges ainda mais conhecendo as celebrações de cremação de corpos em Varanasi, mas em Rishiesh o Rio ainda passa limpo e sem contaminação.

Voltamos do Rafting, tomamos um banho bem quente no hotel, comemos uma especie de miojo com legumes bem gostoso, apimentado e principalmente barato, só 70 rúpias. E depois disso fomos passear na famosa ponte suspensa Lakshman Jhula, mas estava escurecendo e a idéia era assistir ao por do sol de lá, como não conseguimos assistir ao pôr do sol fizemos um passeio pelas lojinhas de rua que são MUITAS em Rishikesh, e com tudo muito, mas muito mais barato que no resto da Índia. Se você for para Rishikesh, aproveite para comprar lembrancinha por lá, no resto da Índia é muito mais caro.

No dia seguinte, acordamos bem cedo pra dar uma volta no centro e finalmente fomos para a ponte suspensa, onde muitos macaquinhos espertos ficam te esperando e as vezes até te seguindo para roubar de você. O mais fantástico dessa ponte é que ela é estreita, balança bastante, fica cheia de gente passando, moto, vaca, macaco, mais vaca, tudo no mesmo lugar! Compramos algumas lembrancinhas e lenços, la o lenço custa 100 rúpias, em outros lugares te cobravam até 800 rúpias por um lencinho. Pegamos um tuk tuk e fomos para perto de onde os Beatles ficaram hospedados, na verdade não era nem um pouco perto, andamos bastante e não conseguimos encontrar. Como o tempo estava curto decidimos não seguir em frente porque precisávamos voltar para New Delhi onde minha mãe e irmã iriam pegar o avião e voltar para o Brasil. Eu iria ficar mais uns 10 dias, e acabei voltando para Rishikesh e consegui encontrar o Ashram dos Beatles.


  

Além do Ashram dos Beatles, eu tinha ouvido falar de um tal de Beatles café e decidimos procurar no caminho de volta pro hotel. Gente, entramos em uma rua aqui, outra ali, um beco aqui, e encontramos o lugar! Que estava fechado. 😦 Na verdade era mais um Beatles bar do que café, porque ele não abria aquele horário. O nome real do local é “Restaurant Café Delmar”, então não pague o mesmo mico que nós pagamos e procure por esse nome rs


Depois almoçar em um lugar fantástico, nem caro e nem muito barato, mas com uma comida deliciosa. Segui pro hotel onde deveria fazer o check out as 13hs e pegar o taxi que ja havia agendado pelo hotel na noite anterior, e segui para New Delhi. O bom dos hotéis lá, é que você consegue pedir e negociar preço de táxi por lá.

Pegamos a estrada de volta, e novamente mais 7 horas de estrada. Nesse tempo eu comecei a passar mal pra caramba, e quando pedi para que ele parasse em um posto para que eu pudesse usar o banheiro ele disse que não podia porque havia pagado o valor para a viagem direta, sem paradas. No entanto, quando disseram que eu queria vomitar…o argumento foi suficiente e ele parou 😀

Bom…acabei ficando bastante doente durante a viagem e também em New Delhi, onde minha irmã e mãe iriam viajar na noite seguinte. Isso fez com que eu decidisse abortar a viagem para o Nepal, e voltar para Rishikesh. Mas isso rende um novo texto, contando a aventura que foi o trekking e camping que fizemos no Himalaia.

Apesar de ter passado por New Delhi antes para ir para Varanasi e depois para ir a Rishikesh, só conseguimos conhecer New Delhi quando voltamos de Rishikesh. E eu particularmente achei uma cidade incrível, com todos os seus contrastes e com a sua confusão organizada. New Delhi também vai render um texto só dela.

COMO CHEGAR:

Onibus: Você pode pegar um onibus de New Delhi até Rishikesh. Cerca de 8 horas de viagem

Carro: Você pode pegar um taxi de New Delhi para Rishikesh. Cerca de 6-7horas de viagem e vai ficar em torno de 1000 rúpias. Recomendado caso voce vá com mais pessoas, tanto para dividir o valor, quanto pela segurança. A estrada é um pouco ruim, furou o pneu do nosso carro duas vezes, se isso acontecer de noite e voce estiver sozinho ou sozinha pode ser um pouco perigoso.

Avião: Você precisara pegar um voo até Dehradun, e de lá pegar um táxi até Rishikesh. De New Delhi até Dehradun é apenas uma hora de vôo. E de Dehradun até Rishikesh são 43km, cerca de uma hora de carro.

Trem: Você pode pegar um trem até Haridwar e de lá pegar um táxi até Rishikesh. De Haridwar até Rishikesh é em torno de uma hora de carro.

NOTA: Para as viagens de trem e avião entra no site da Makemytrip, é bem simples de pesquisar os preços e comprar as passagens.

A forma de transporte que você escolher vai depender de três fatores: quanto você esta disposto a pagar, quanto tempo vai sobrar. Mas priorize sempre o mais seguro, principalmente se for mulher. E evite viajar a noite se estiver sózinho (a).

Da primeira vez que fui a Rishikesh fomos de carro. Da segunda vez fomos de avião porque estava com pouco tempo e um pouco doente, encontramos duas meninas que dividiram o táxi do aeroporto até Rishikesh e economizamos um pouco.

Tem uma amiga que foi de trem até Haridwar e depois pegou um táxi para Rishikesh, mas não conseguiu ninguém para dividir e pagou 1000 rúpias pra chegar até lá.

QUANTOS DIAS FICAR:

Depende do que você quer fazer por lá, mas se for somente para conhecer, acredito que três dias é o suficiente.

ONDE FICAR:

Procure por um hotel próximo ao Lakshman Jhula, fica bem no centro e você consegue fazer tudo a pé. Existem muitos ashram que proporcionam uma experiencia mais simples e ainda assim muito interessante. Pesquise no site do Booking.com!

Ficou alguma dúvida?

Me escreve que ajudo a esclarecer!

Abraços :o)

10 comentários sobre “A linda Rishikesh

  1. Olá pessoal, meu nome é maritsa, sou professora do Ensino Fundamental e Educação Infantil. Este ano, a escola trabalhará com o Projeto “CRIANÇAS DE TODO MUNDO”. Era meu desejo trabalhar este tema. O meu pais será a ÍNDIA, estou com mil ideias e entre elas a de trocar cartas com as crianças de lá. Saber como vivem, seus costumes, o que aprendem na escola e tudo mais. Minha dificuldade é como entrar em contato com essas crianças. Alguém pode me ajudar? Meu email é maritsalima@gmail.com. Obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Gostaria de saber quanto custa (em reais) aproximadamente o valor da passagem aérea de New Delhi para Dehradun. Segundo ponto seria em questão da estrada de Dehradun até Rishikesh é tranquila. Caso você pode indicar um hotel em Rishikesh.
    Agradeço

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Daniele!
      Olha, quando eu fui em 2015, lembra que a passagem de New Delhi pra Dehradun foi em torno de R$100,00. E durou cerca de uma hora de avião.

      A estrada de Dehradun até Rishikesh foi tranquila pelo que me lembro! E fica a 45min de distancia só!
      A estrada que me traumatizou foi a de New Delhi pra Rishikesh! Aquelas 7 horas de estrada esburacada e escura foram demais haha

      E tem taxi lá no aeroporto! Só negociar! A Índia se resume a isso! 🙂

      Qquer coisa só me escrever!
      Beijos!
      Mayara

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s