Pular para o conteúdo

Desventuras em série, a caminho do Uruguai – Parte I


Sabe quando você esta assistindo a um filme, e tem sempre um personagem que tudo de errado acontece com ele? -Igual ao Brad Pitt em Guerra Mundial Z onde ele conseguiu até destruir Israel-. Enfim, esse personagem sou eu na vida! 😀

Para você entender melhor vou contar a história de uma viagem que eu fiz no ano passado a caminho do Uruguai para o casamento da minha amiga Jimena. Eu falo um pouco dela nesse post: Minha primeira vez como voluntária. Essa minha amiga é uruguaia e morou no Brasil por quatro anos, trabalhamos juntas em parte desse período e nos tornamos grandes amigas. No começo de 2013 quando ela voltou para o Uruguai, já sabíamos que o casamento seria realizado no Uruguai na cidade de Bella Union (fronteira entre Brasil e Uruguai) e por isso eu e mais duas amigas (Nayara e Nika) já começamos a nos planejar para essa viagem.

mapa_riv_bellaunion

O objetivo: Bella Union

A data do casamento estava marcada para o dia 12 de Abril de 2014 (sábado), essa data eu ajudei ela a escolher (o Dani marido dela não deve saber dessa história…sorry Dani!). Tendo a data marcada, eu, a Nayara e a Nika começamos a nos planejar. Como eu sou muito inteligente, acabei definindo uma data diferente delas porque eu havia encontrado uma promoção de uma empresa aéra chamada BQB Lineas aereas (guarde este nome) e comprei com bastante antecedência para quinta-feira (10 de Abril) de madrugada!

Na quinta-feira de manhã, um amigo chamado Ivan que tem uma agência e me ajudou com as passagens me liga perguntando porque eu não peguei o vôo! O que aconteceu foi que eu na mais perfeita inteligência esqueci que madrugada de quinta-feira é um período entre quarta e quinta, e não entre quinta e sexta. Conclusão: Perdi o voo! Eu liguei para a BQB o dia todo e não consegui falar com ninguém, meu amigo da agência me falou para arriscar e ir ao aeroporto na quinta a noite para conversar com a BQB e trocar minha passagem (com uma possível multa). E la fui eu! Saí de São José dos Campos para São Paulo as 22h de QUINTA com a mala e a esperança de dar tudo certo e conseguir seguir viagem, e cheguei lá por volta de 23h30. Procurei, procurei…e nada de um posto de atendimento, nada da BQB, nada da minha dignidade. Acabei descobrindo que a BQB por ser nova, não tinha um posto fixo e ia para o aeroporto alguns representantes somente na data do voo, ou seja, eu estava perdida.

Um detalhe importante: No plano original eu iria chegar em Montevideu (capital do Uruguai) as 7h da manha de sexta (11 de Abril), o Fernando amigo do noivo iria me esperar para me entregar a chave do apartamento do casal que já estaria em Bella Unión. E as 15h da tarde eu iria pegar um ônibus com 8 horas de viagem de Montevideu para Bella Unión para o casamento. O problema é que por ser véspera de um feriado lá, haviam poucas passagens e eu havia comprado a minha passagem com bastante antecedência. Um outro horário que tinha era as 23h da noite…mas dificilmente teria vagas comprando em cima da hora.

Lá do aeroporto de São Paulo, eu desesperada liguei para a minha amiga, ela desesperada do outro lado da linha me convenceu de comprar uma passagem para Porto Alegre. De Porto Alegre eu iria pegar um ônibus de 8 horas de viagem até Uruguaiana, e de Uruguaiana eu iria ou de ônibus ou de carro atravessar a fronteira do Uruguai e ir até Bella Unión em mais uma ou duas horas de viagem.

Comprei a passagem que não estava tão cara (apesar do prejuízo) para o primeiro horário de sexta-feira (7h da manhã). Eu iria chegar em Porto Alegre umas 9h da manha, ja havia pesquisado as passagens para Uruguaiana e conseguiria pegar um ônibus no horário do almoço (12h30) e se tudo desse certo iria chegar em Bella Union bem de noite e dormir e fofocar com a noiva. Então eu dormi em um banco do aeroporto, com um olho no peixe e outro no gato (o peixe seria a minha mala). Acordei bem cedo e fui a caminho da sala de embarque da AVIANCA.

Entrei no avião, sentei bonitinha, afivelei o cinto e o avião começou a andar. Quando o avião estava prestes a decolar, o piloto avisou que estava vazando um pouco de combustível e por isso seria necessário uma parada de emergência! Eu pensei: TA DE BRINCADEIRA COMIGO ESSA BOSTA ferrou! Saímos todos e fomos para uma sala de espera por duas longas horas. Resumindo: Não iria conseguir pegar mais o ônibus do meio dia e precisava correr contra o tempo e comprar o ultimo horário das 22h30 e chegar em Bella Unión no dia do casamento! Meu amigo da agencia me salvou e comprou online a passagem de ônibus para esse horário.

Esse foi um momento em que eu pensei em desistir, falei com a minha amiga, e ela mais uma vez me convenceu de que se eu havia chegado até ali não era para desistir, como eu sou adepta ao Carpe Diem decidi continuar com o desafio.

Cheguei em P.A. (Como é carinhosamente conhecida Porto Alegre) por volta de 13h30 da tarde, fui para a rodoviária e uma luz divina me iluminou e a empresa de ônibus que eu iria viajar tinha uma sala VIP. Fiquei lá sentada em um sofá confortável com ar condicionado por apenas 8 horas esperando o horário da viagem. Nesse momento meu amigo da agencia me liga e fala que a empresa aérea (BQB) que eu iria voltar precisou mudar a data de retorno de segunda a noite para terça a noite! Nisso eu falei: QUE BOSTA DE EMPRESA NUNCA MAIS COMPRO NESSA MERDA que iria cancelar minha passagem e pedir o reembolso! Ele me ajudou muito nisso e comprou uma nova passagem de retorno para segunda-feira a tarde, onde eu iria fazer escala de 1 hora na Argentina antes de voltar para o Brasil.

RMEQ2NQZVMZBIVUBKUMUEZRDMQRZKVMTEOZ54LZJP3FQVZVE

Sala de espera da viação Planalto. (Imagem da internet)

As 22h30 peguei um ônibus para Uruguaiana, onde uma senhora muito simpática sentou do meu lado e conversamos parte da viagem,

antes de eu entrar em coma e desmaiar no ônibus dormindo 6 horas direto no banco que parecia ser o mais confortável do mundo.

Descobri que essa senhora é dona de um restaurante bem conhecido em Uruguaiana e tinha três filhos na idade de faculdade. Chegamos na rodoviária as 6h da manhã, o marido dela foi busca-la na rodoviária e eles me ofereceram para tomar café na casa deles enquanto eu esperava o ônibus para Bella Unión. Logo que cheguei na rodoviária de Uruguaiana falei com a minha amiga e se eu fosse de ônibus iria chegar lá umas 10h da manha, sendo que o casamento seria as 16h da tarde. Ela já estava nervosa pelo casamento e brigou comigo para que eu pegasse um carro para chegar o mais cedo possível em Bella Unión, agradeci ao simpático casal e peguei um taxi com preço camarada e segui para o Uruguai.

estação%20rodoviária%20de%20uruguaiana%201

Rodoviária de Uruguaiana. (Imagem da internet)

Quando fomos passar pelos guardas da fronteira, o guarda me disse que eu não precisava carimbar o passaporte para ir até Bella Union, e eu quase fiz a grande cagada besteira de seguir a sua recomendação. Como eu iria voltar para o Brasil por Montevideu poderia ter problemas no retorno por não ter o carimbo de entrada, contei isso pra ele e carimbei o passaporte.

Cheguei em Bella Unión no Uruguai as 7h30 da manhã! O motorista me mostrou a cidade a caminho do hotel e me falou onde eu poderia comprar maconha O.o kkk (eu juro que não perguntei nada, acontece que no Uruguai é liberado o uso). Ele me deixou no hotel e eu quase morri de emoção em ver as minhas amigas e o noivo me esperando na recepção do hotel! O noivo nos levou até a casa dos pais da noiva e finalmente nos encontramos!

IMG_0336

Essa é a foto de quando eu cheguei no hotel em Bella Union. Preste bem atenção na minha situação de foragida. kkk Na foto: Nika, eu, Dani e Nayara.

Depois disso eu dormi até as 13h, comecei a me arrumar, fui para o casamento, fui para a festa de casamento de 12 horas de duração, passeamos em Montevideu e meu avião quase caiu na volta. Mas essas são histórias para as partes II O casamento, e parte III O retorno.

IMG_0433

Essa é a foto do depois de um bom banho. Já na festa! Na foto: Nika, eu, Jimena, Dani e Nayara.

IMG_0371

Mais fotos do casamento e do Uruguai na Parte II – O casamento.

PS. As minhas amigas pegaram o voo para Montevideu as 7h da manha de sexta, pegaram o ônibus de Montevideu para Bella Union as 23h30 de sexta e chegaram cerca de uma hora antes de mim em Bella Union. Somando tempo de espera elas levaram 24 horas para chegar contra 34 horas que eu levei para chegar. Conclusão: O barato sai caro… 😦

PS.2. Como a BQB mudou a minha data de retorno, eu consegui o reembolso e reduzi o prejuízo.

PS. 3. Tirei poucas fotos do trajeto, porque estava concentrada em tirar o pé da lama e aproveitar o passeio haha.

Não sabe onde ficar no Uruguai? Acesse o Booking.com clicando aqui. 🙂

 

LINKS ÚTEIS

  • Essa é a agencia do meu amigo: BTB Intercâmbios. Me ajudou muito comprar a passagem por ele, se eu tivesse comprado por conta própria teria passado mais sufoco ainda. E negocia com a empresa aérea e o preço sai igual se comprar pelo site. (Não estou ganhando comissão por isso, indico porque é verdade)
  • Essa é a empresa de ônibus que me levou de Porto Alegre até Uruguaiana: Viação Planalto.
  • Se quiser pesquisar preços de passagem aérea eu super indico esse site e aplicativo: Skyscanner.

Até os próximos episódios. :o)

3 Comments »

Deixe um comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: